Make your own free website on Tripod.com

 

 

 Enriquecimento Sonoro

Home Acima Hipersensibilidade Auditiva Processamento Auditivo Reabilitação Vestibular A Autora Motricidade Oral Audição Fonoaudiologia Clínica Integrada Proença Voz

 

Home
Acima

 

 

 

 

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HONNós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation "Health On the Net"

 

 

Quem tem zumbido sabe, e quem atende pacientes com esta queixa também já ouviu muitas vezes, que "o zumbido piora a noite, quando vou dormir". Isto acontece porque geralmente, quando vamos dormir, há silêncio ou  pouco barulho a nossa volta e não estamos desenvolvendo nenhuma atividade que dependa de nossa concentração.

Para entender melhor por que o zumbido fica mais forte no silêncio, façamos uma comparação com uma pequena vela de aniversário. Se a acendermos em uma sala escura, sua pequena chama será a única fonte de luz da sala, e portanto será facilmente notada. Neste caso, o contraste entre a luz (figura) e a escuridão (fundo) é muito grande. Por outro lado, se acendermos esta mesma velinha em um jardin num dia ensolarado, a chama da vela mal será percebida, pois a luz da vela se mistura à luz do ambiente. Não há grande contraste entre figura e fundo.

O mesmo acontece com o zumbido. Por mais fraco que ele seja, ele ficará muito mais audível em um ambiente silencioso, e muito menos audível em um ambiente sonoramente rico! Por isso intuito básico do enriquecimento sonoro é adicionar sons ao ambiente e, por conseguinte, desfavorecer a percepção do zumbido. 

Muitas pessoas logo pensam "já basta o barulho que eu tenho na cabeça", acreditando que os outros barulhos seriam tão incômodos quanto o zumbido. Na realidade, os sons ambientais, em geral, assim como os geradores de som individuais, são neutros (não despertam sensações nem boas nem ruins) e por isso o usuário logo dispersa sua atenção deles, praticamente deixando de ouvi-los conscientemente (fenômeno conhecido como habituação). Assim sendo, os sons usados no enriquecimento sonoro não incomodam o paciente.

Os sons usados no enriquecimento sonoro podem advir de Geradores de Som Individuais (pequenos aparelhos colocados atrás da orelha que emitem um ruído constante de banda larga em intensidade controlada), de Geradores de Som Ambientais (aparelhos que emitem sons da natureza) ou de outra fonte de som suave e contínuo, como ventiladores, CDs com sons da natureza, fontes de água e até mesmo de rádios fora de sintonia. Pessoas com perdas de audição podem usar próteses auditivas (que melhoram a audição por meio da amplificação dos sons) em associação com os sons ambientais ou com os geradores de som ambientais.

A orientação principal a todos os indivíduos com zumbido é EVITAR O SILÊNCIO, 24 HORAS POR DIA.

Dica

“AIRE FRESHENER” é um programa de computador que contém diversos sons ambientais e da natureza que podem ser usados no trabalho ou em casa. É uma excelente opção de enriquecimento sonoro.

Faça o download  de “AIRE FRESHENER” aqui (aprox. 50 min. a 45kbites)

www.peterhirschberg.com

Pontos importantes

bullet

Apenas o uso de aparelhos não promove a habituação do zumbido. São necessárias sessões de orientação individuais e específicas para cada caso.

bulletO uso ou não de aparelhos, assim como o tipo de aparelho a ser usado e o modo de uso deverão ser definidos pelo terapêuta, de acordo com as características individuais de cada paciente.
bulletA TRT não deve ser realizada sem o diagnóstico e a indicação do seu médico.

Home Comentários Mapa do Site Pesquisar Contato

Nenhuma das informações contidas nesta HomePage substituem o
atendimento clínico fonoaudiológico e/ou médico.

Copyright © 2004 Fonoaudiologia & Saúde
Última modificação: 09 February, 2004