Make your own free website on Tripod.com

 

 

 Obesidade Infantil

Home Acima Zumbido Hipersensibilidade Auditiva Processamento Auditivo Reabilitação Vestibular A Autora Motricidade Oral Audição Fonoaudiologia Voz

 

Home
Acima

 

 

 

 

Nós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation HONNós aderimos aos princípios da charte HONcode da Fondation "Health On the Net"

 

 

Obesidade Infantil

Contribuição da Psicóloga Fabiana Pereira Botelho

É muito comum ouvirmos: “Deve haver algum problema hormonal, por isso que engorda tanto!” Na verdade, 99% das crianças acima do peso não apresentam distúrbios hormonais e a obesidade atinge 15% de nossas crianças e adolescentes.

Existem vários aspectos envolvidos na questão da obesidade, como o genético, o ambiental e o emocional. Pretendo dar enfoque, aqui, a este último: o fator emocional. Este está ligado tanto ao desencadeamento quanto às conseqüências da obesidade.

Sabemos de todas as doenças que a obesidade pode acarretar, como a hipertensão arterial, o diabetes tipo 2, muito citadas em tudo que lemos sobre este tema. Mas, além disso, a obesidade gera dificuldades sociais e afetivas; as crianças podem sofrer discriminação e é comum desenvolverem timidez, isolamento e sintomas de irritabilidade, maior sensibilidade, choro fácil. A auto-estima, normalmente, é afetada.

Temos que pensar, então: o que faz com que uma criança supervalorize os alimentos, tenha uma necessidade de comer que não é nutricional?

Não estou falando em buscarmos um culpado para tudo isso, mas sim, tentarmos compreender cada caso (pois o motivo que leva a engordar é individual) e a partir daí proporcionar possíveis mudanças. Afinal, as orientações sobre o que é correto para se engordar ou emagrecer todos parecem ter uma boa noção. Fazê-lo é o problema. E por quê? Precisa-se descobrir esses entraves para se ter sucesso. E este é um trabalho que pode ser feito!

Fabiana Pereira Botelho atende crianças e adolescentes.

Home Comentários Mapa do Site Pesquisar Contato

Nenhuma das informações contidas nesta HomePage substituem o
atendimento clínico fonoaudiológico e/ou médico.

Copyright © 2004 Fonoaudiologia & Saúde
Última modificação: 09 February, 2004